viewthroughconversion
  • Procedimento

Embolização de Miomas Uterinos

 

Miomas uterinos são nódulos benignos que acometem o útero de algumas mulheres. Estes nódulos podem aparecer e crescer como um nódulo apenas ou como múltiplos nódulos.

Quais são os sintomas dos miomas uterinos?

Algumas mulheres podem ter miomas e serem completamente assintomáticas. Dependendo do número, tamanho e localização dos nódulos, a paciente pode apresentar sintomas geralmente relacionados à menstruação e à fertilidade.

As pacientes, quando sintomáticas, geralmente apresentam menstruações com grande volume de sangue e/ou menstruações que duram muitos dias. Isto trazer desconforto e até anemia em alguns casos nas pacientes com miomas uterinos.

Os miomas podem levar à infertilidade?

Sim, dependendo do número de localização dos miomas, eles podem levar à infertilidade. Entretanto, quando se trata de infertilidade, diversos fatores devem ser investigados também como a função ovariana e das tubas uterinas, o espermograma do marido dente outros vários fatores.

Quais são os tratamentos disponíveis para os miomas uterinos?

De uma maneira geral e resumida, podemos dividir o tratamentos dos miomas em alguns grandes grupos a seguir:

Tratamento medicamentoso

Consiste na administração de hormônios ou bloqueadores de hormônios com o intuito de bloquear o estímulo hormonal e fazer com que os miomas parem de crescer ou que, ainda, o sangramento intenso seja controlado.

Colocação de DIU

A colocação de DIU com hormônio também tem a função de bloquear ou reduzir a menstruação e reduzir o desconforto causado pelos miomas

Tratamento cirúrugico

Existem 2 tipos de tratamento cirúrgico: a retirada total do útero que se chama histerectomia e a retirada apenas dos miomas chamada miomectomia

Embolização de miomas uterinos que consiste em uma técnica minimamente invasiva que consiste em interromper o fluxo sanguíneo para os miomas e desta maneira fazendo com eles diminuam e parem de provocar hemorragias menstruais. A seguir, comentarmos alguns outros pontos deste tipo de tratamento.

Todos os miomas uterinos devem ser tratados?

Não. De uma maneira geral, devemos tratar apenas os miomas sintomáticos, especialmente em mulheres que já tenham a prole constituída, ou seja, que não querem mais ter filhos.

Não desejo mais ter filhos e tenho muitos miomas uterinos que me causam muito sangramento. A embolização é uma boa alternativa para mim?

Sim. Esta é a melhor indicação para fazer a embolização dos miomas uterinos. Como a embolização é um tratamento minimamente invasivo ela, nestes casos, substitui a retirada de todo o útero (histerectomia).

Tenho miomas uterinos e ainda desejo ficar grávida. A embolização é um bom tratamento para mim?

Depende. Se forem poucos miomas e com localização em que a retirada cirúrgica é fácil e com baixo risco, o tratamento mais indicado talvez seja a miomectomia que consiste em uma cirurgia onde são retirados apenas os miomas uterinos, preservando o útero.

Entretanto, em alguns casos a paciente pode apresentar múltiplos nódulos ou ainda nódulos em que a retirada cirúrgica seja bastante complexa com risco de perda do útero durante a cirurgia. Nestes casos, a embolização está indicada para tratar os miomas sem risco de perda do útero, especialmente em pacientes que ainda tenham desejo reprodutivo.

Como é feita e embolização dos miomas uterinos?

A embolização é um procedimento minimamente invasivo que consiste em uma punção na região da virilha seguido de inserção de um fino cateter que vai até a região dos miomas. Através deste cateter são injetadas partículas que são pequenas bolinhas que ocluem a irrigação de sangue para os miomas. Assim os miomas regridem e deixam de causar sintomas.

Que tipo de anestesia é realizada?

Usualmente fazemos raquianestesia ou peridural para controle da dor e incômodo no pos-operatório.

Quanto tempo eu fico internada?

Geralmente a paciente permanece em observação de 12 a 24 horas após o procedimento.

O procedimento dói?

Nos primeiros dias após a embolização é comum sentir algumas cólicas e dor na pelve que são controladas com alguns analgésicos e antiinflamatórios específicos.

Quantos dias devo ficar afastada do trabalho?

No dia seguinte à embolização a paciente pode andar normalmente. Usualmente recomendamos que fique sem dirigir por 1 dia e sem atividade física intensa por 7 dias.

A embolização é um procedimento seguro?

Sim, a embolização é um procedimento realizado mundialmente com excelentes resultados e baixíssimos índices de complicações. Hoje, a embolização faz parte do ROL de procedimentos de obrigatoriedade de cobertura da ANS (agência nacional de saúde). Confira em: http://www.ans.gov.br/a-ans/sala-de-noticias-ans/consumidor/1261-rol-de-procedimentos-2012

Por que fazer a embolização no CERTA?

O CERTA possui uma estrutura hospitalar totalmente voltada e adaptada para a realização de procedimentos minimamente invasivos trazendo conforto, rapidez e segurança na realização dos procedimentos. Alem disto, conta com profissionais com título de especialista em radiologia intervencionista e cirurgia endovascular conferido pela entidade Sobrice – Sociedade brasileira de radiologia intervencionista e cirurgia endovascular (www.sobrice.org.br), entidade máxima da especialidade. Isto mostra o compromisso do CERTA com o rigor ético e seguro com que são atendidos nossos pacientes.

 

Agende uma consulta

A consulta com o especialista é fundamental. Faça o agendamento.